Epicondilite Lateral - Ortopedia em São Paulo - SP - Dr. Alvaro Jr.
639
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-639,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.2,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1,vc_responsive
 

Epicondilite Lateral

O que é a Epicondilite Lateral ou Cotovelo de Tenista

Epicondilite Lateral

A epicondilite lateral ou cotovelo de tenista, é uma condição dolorosa no cotovelo causada pelo uso excessivo do membro. Jogar tênis ou outros esportes que utilizam raquetes, pode causar epicondilite lateral . No entanto, vários outros esportes e atividades também podem colocá-lo em risco.

 

Epicondilite lateral é uma inflamação dos tendões que se juntam aos músculos do antebraço na parte externa do cotovelo. Os músculos e tendões do antebraço são danificados pelo repetição dos mesmos movimentos diversas vezes. Isso leva a dor e sensibilidade na parte externa do cotovelo.

 

Existem muitas opções de tratamento para o cotovelo de tenista, dependendo de cada caso e paciente.

Causas da Epicondilite Lateral

Cotovelo de Tenista

Uso excessivo ou repetitivo do cotovelo

Estudos recentes mostram que a epicondilite lateral ou cotovelo de tenista está associada a danos a um músculo específico do antebraço. O músculo extensor radial curto do carpo, ajuda a estabilizar o pulso quando o cotovelo está reto. Isso ocorre durante uma tacada de tênis, por exemplo. Quando esse músculo é enfraquecido pelo uso excessivo, ocorrem pequenas rupturas no tendão onde prende ao Epicôndilo Lateral. Isso leva à inflamação e dor.

O músculo extensor radial curto do carpo se expõe a maiores riscos de danos devido à sua posição. Devido a movimentação do cotovelo, o músculo raspa contra solavancos ósseos. Isso pode causar desgaste gradual do músculo ao longo prazo.

 

Esportes

Epicondilite lateral geralmente se desenvolve ao longo do tempo. Movimentos repetitivos – como segurar uma raquete de tênis durante um saque, podem esticar ou estirar os músculos, colocando muito estresse sobre os tendões. Esse ‘puxão’ constante pode eventualmente causar rupturas no tecido.

Esportes como Tênis, Levantamento de Peso, Squash, Badminton, Esgrima, etc., estão entre as maiores causas de epicondilite lateral.

 

Atividades

Os atletas não são as únicas pessoas que podem desenvolver a epicondilite lateral. Muitas pessoas com cotovelo de tenista participam de atividades de trabalho ou recreativas que exigem o uso repetitivo e vigoroso do músculo do antebraço.

Em todas atividades que requerem a repetição e levantamento de peso podem levar a lesões, como a epicondilite lateral.

Se você sente dores na região do cotovelo, consulte-nos. Somos especialistas em cotovelo. Agende já sua consulta.

Sintomas da Epicondilite Lateral

Epicondilite Lateral

Os sintomas de epicondilite lateral ou cotovelo de tenista incluem dor e sensibilidade no osso da parte externa do cotovelo. Esta parte é onde os tendões se conectam ao osso. A dor também pode irradiar para o braço superior ou inferior. Embora o dano seja no cotovelo, a epicondilite lateral pode limitar os movimentos de sua mãos.

 

A epicondilite lateral pode causar dor acentuada quando você:

Levantar algo;
Segurar um objeto, como uma raquete de tênis;
Abrir uma porta ou aperte as mãos de alguém;

 

Epicondilite lateral é semelhante a outra condição chamada ‘cotovelo do golfista’, que afeta os tendões no interior do cotovelo.

Para diagnosticar a epicondilite lateral, o seu médico fará um exame minucioso. Você deverá flexionar o braço, pulso e cotovelo para ver o local exato da dor. Em alguns casos, exames de imagem, como um raio-X ou ressonância magnética são necessários para diagnosticar o cotovelo de tenista e descartar outras patologias.

Tratamentos – Epicondilite Lateral

Epicondilite Lateral

Tratamento não-cirúrgico

Aproximadamente 80% dos pacientes têm sucesso com tratamento não cirúrgico.

 

Descansar e Gelo no Local

O primeiro passo para a recuperação é descansar o braço afetado. Isso significa que você terá que parar a prática esportiva ou atividades pesadas pelo período indicado pelo médico.

O gelo serve para reduzir o inchaço, caso haja, e dor no local. O ideal é realizar compressas de gelo de 20 minutos a cada 4 horas.

 

Medicamentos

O médico pode prescrever medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos para a epicondilite lateral.

 

Prática de Esportes

Verificação do seu equipamento esportivo. Se você participa de esportes que utilizem equipamentos, como raquete de tênis, seu médico pode incentivá-lo a verificá-los para um ajuste adequado.  O tipo, peso e modelo de raquete utilizada influencia diretamente o estresse no ante-braço.

 

Fisioterapia

Exercícios específicos de Fisioterapia são úteis para fortalecer os músculos do antebraço. Após a indicação médica de qual tratamento seguir, seu fisioterapeuta também pode realizar analgesia, massagem com gelo ou técnicas de estimulação muscular para melhorar o local afetado.

 

Tratamento Cirúrgico

A maioria dos procedimentos cirúrgicos para a epicondilite lateral, envolve a remoção do músculo doente e a ligação do músculo saudável de volta ao osso.

A abordagem cirúrgica dependerá de uma série de fatores. Estes incluem o alcance de sua lesão, sua saúde e suas necessidades pessoais. O Médico saberá qual a melhor abordagem e qual o melhor tipo de tratamento para seu caso.

Somos especialistas em Cotovelo e Ombro. Agende já sua consulta.